Conselho Internacional Basque Culinary Center

Entenda quem é o G11

Conselho Assessor Internacional do Centro Culinário Basco estará presente no Mesa Tendências em novembro.

Da redação

O Conselho Assessor Internacional do Centro Culinário Basco (Basque Culinary Center) – mais conhecido como G11 – é um grupo que integra a Faculdade de Ciências Gastronômicas e o Centro de Investigação e Inovação Culinária, em San Sebastian, na Espanha.

Formado pelos chefs mais icônicos do mundo todo, o grupo recebe o apelido G11 em alusão aos encontros da ONU com as maiores potências econômicas do planeta (G8 – atualmente G7 com a expulsão da Rússia, G20 entre outros).

Esse conselho se reúne uma vez ao ano e sempre tem como anfitrião o chef membro do conselho originário do país da reunião. Tais encontros já foram realizados em San Sebastian, na Espanha, onde Ferran Adriá recebeu o grupo. A seguir, em Lima, no Peru, Gastón Acurio ficou responsável pela recepção. Em Tóquio, o conselho contou com Yukio Hattori e, no ano passado, em Nova Iorque, nos EUA, com Dan Barber.

Este ano, o brasileiro Alex Atala, recepciona os chefs que se reúnem nos dias 1, 2 e 3 de novembro – fim de semana que antecede o Congresso Internacional Mesa Tendências. Durante a reunião, os chefs irão refletir sobre os caminhos da cozinha para o futuro, sobre conceitos de sustentabilidade e compartilhar a realidade da cozinha brasileira.

Após a encontro dos chefs, durante o Congresso Internacional Mesa Tendências, o conselho terá a oportunidade de compartilhar suas reflexões e apresentar o projeto do Centro Culinário Basco – momento que contará com a fala do presidente do G11, Ferran Adrià, e de Joxe Mari Aizega, Diretor geral do Centro Culinário Basco, Joxe é um dos pioneiros na criação do centro, que ainda conta com o apoio de instituições públicas, empresas privadas, a Universidade Mondragon e os chefs mais renomados de todo o mundo.

Presidido por Ferrán Adriá (Fundação El Bulli, Espanha), o conselho é formado pelo italiano Massimo Bottura (pelo francês Michel Bras o japonês Yukio Hattori, (médico e presidente da Ecole de Cuisine et Nutrition) o mexicano Enrique Olvera, o espanhol Joan Roca (El Celler de Can Roca, Espanha), o peruano Gastón Acurio, o inglês Heston Blumental (The Fat Duck, Reino Unido), o dinamarquês René Redzepi (Noma, Dinamarca), o americano Dan Barber (Blue Hill, Estados Unidos) e o brasileiro Alex Atala (D.O.M e Dalva e Dito,  São Paulo).

Semana Mesa SP, quem tem fome de informação, vai!

Confira:

__ ___
Grandes nomes em palestras e debatesque irão apontar a direção e vislumbraro futuro da cozinha. Uma revista de gastronomia sendoproduzida diante de seus olhos. Chefsde cozinha, fotógrafos e redatores emação, em tempo real.
Composto pelos Jantares Magnos. Uma experiência cultural e gastronômica,privilegiando todos os sentidos, emcardápios que homenageiam grandesproduções cinematográficas.

 

“Conexão essencial: o produtor familiar e a cozinha”

No Ano Internacional do Produtor Familiar, os maiores chefs do Brasil se unem a corajosos produtores e apresentam o resultado desta Conexão Essencial para a evolução da cozinha brasileira no Congresso Internacional Mesa Tendências. Enquanto isso, no Mesa ao Vivo, no campus do Centro Universitário Senac, mais de 90 chefs e especialistas colocam a mão na massa, executam e oferecem à degustação, receitas que seguem o mesmo tema.

Nos dias 3, 4 e 5 de novembro, quem é profissional e quer saber do futuro da gastronomia vai ao Mesa Tendências; e quem trabalha no setor, quer melhorar sua performance no fogão, comer e beber bem, vai ajudar a equipe da Prazeres da Mesa a fazer uma edição da revista antes de ela ir às bancas, no Mesa ao Vivo. Bom mesmo é participar dos dois e ir aos Jantares Magnos do Mesa na Cidade que acontecem em São Paulo durante a Semana Mesa SP.

 

Clique nas capas e confira a versão digital da programação.

SMSP 2013-novo 2 from Prazeres da Mesa on Vimeo.